Curso Objetivo

Login ou senha incorretos
0800 77 00 189                

Unicamp não terá ingresso via Enem e as vagas serão todas transferidas para o Vestibular 2021


22/07/2020
Universidade Estadual de Campinas

Os percentuais de cotas previstos para o edital Enem-Unicamp serão mantidos e transferidos para o Vestibular. A Comvest está abrindo novamente o período para solicitar isenção da taxa

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) está cancelando, para 2021, a modalidade de ingresso Enem-Unicamp, tendo em vista que a mudança de datas do exame pelo Instituto Nacional de Educação e Pesquisa (Inep) impossibilita que a Comissão receba os resultados a tempo das matrículas na Unicamp em 2021. Todas as 639 vagas previstas pelo edital serão transferidas para o Vestibular Unicamp 2021, que passará a oferecer 3.234 vagas. Os percentuais de reserva de vagas do edital Enem-Unicamp de 15% para candidatos de escola pública (sendo 10% para candidatos de escola pública e 5% para candidatos de escola pública e autodeclarados pretos e pardos) e de 10% para candidatos autodeclarados pretos e pardos (sendo 5% para candidatos de escolas públicas e 5% para candidatos das demais escolas) ficarão garantidos no Vestibular Unicamp. Desta maneira, com o percentual de 15% que já existia no Vestibular Unicamp, fica estabelecido o mínimo de 25% dos ingressantes autodeclarados pretos ou pardos. Veja as vagas por perfil/curso.

Além disso, a Comvest está reabrindo o período para solicitação de isenção do pagamento da taxa de inscrição do Vestibular Unicamp 2021. O objetivo é permitir que candidatos que pretendiam se inscrever no edital Enem-Unicamp tenham oportunidade de obter o benefício para o Vestibular Unicamp. As solicitações do Programa Complementar de Isenção poderão ser feitas do dia 22 de julho de 2020 até dia 31 de julho de 2020 na página da Comvest na internet.

As isenções da taxa de inscrição do Vestibular Unicamp são oferecidas em três modalidades: 1– para candidatos provenientes de famílias de baixa renda (até um salário mínimo e meio bruto mensal por morador do domicílio); 2– funcionários da Unicamp/Funcamp; e 3– para aqueles que se candidatarem aos seguintes cursos noturnos de Licenciatura ou Tecnologia (Licenciaturas em: Ciências Biológicas, Física, Letras, Licenciatura Integrada Química/Física, Matemática e Pedagogia. Tecnologia em: Análise e Desenvolvimento de Sistemas e em Saneamento Ambiental).

Os pré-requisitos para receber a isenção são: ter cursado o ensino médio integralmente em instituições da rede pública de educação (não se aplica à modalidade 3) e já ter concluído ou concluir em 2020 o ensino médio. São ofertadas 2000 (duas mil) isenções para a Modalidade 1, nessa edição e um número ilimitado de isenções nas modalidades 2 e 3.

A lista de beneficiados do Programa Complementar de Isenção será divulgada no dia 14 de agosto de 2020, na página da Comvest. Também a partir desta data, os contemplados começam a receber – exclusivamente via correio eletrônico – um comunicado de que foram beneficiados. Importante: Os contemplados não são automaticamente inscritos no Vestibular Unicamp 2021. É preciso, posteriormente, fazer a inscrição, utilizando o código de isento fornecido pela Comvest. As inscrições para o Vestibular Unicamp 2021 serão feitas de 30 de julho a 8 de setembro, pela internet.

Já os estudantes que solicitaram a Isenção da Taxa de Inscrição entre os dias 22/6/20 e 8/7/20, terão os resultados divulgados no próximo dia 27 de julho.

Datas do Vestibular

A primeira fase será aplicada nos dias 6 e 7 de janeiro de 2021. O dia de realização da primeira fase, para cada candidato, depende do curso escolhido: candidatos aos cursos do segmento de Ciências Humanas/Artes e de Exatas/Tecnológicas farão a prova no dia 6 de janeiro, uma quarta-feira. Já os candidatos da área de Ciências Biológicas/Saúde farão a prova no dia seguinte, ou seja, 7 de janeiro, uma quinta-feira. A aplicação em dois dias visa reduzir o número de estudantes circulando e evitar aglomeração nas escolas. A segunda fase do Vestibular não sofrerá alteração do formato e continuará sendo aplicada em dois dias: 7 e 8 de fevereiro de 2021. A primeira chamada do Vestibular 2021 deve ser divulgada no dia 10 de março.

Para cada dia de aplicação haverá uma prova única para todos os candidatos das áreas daquela data (Ciências Exatas/Tecnológicas e  Ciências Humanas/Artes, na quarta-feira e Ciências Biológicas/Saúde, na quinta-feira). A primeira fase será constituída de uma única prova de Conhecimentos Gerais composta por 72 questões objetivas sobre as áreas do conhecimento desenvolvidas no ensino médio. As questões serão as seguintes: 12 questões de Língua Portuguesa e Literatura; 12 questões de Matemática; e oito questões de cada disciplina: Biologia, Física, Geografia/Sociologia, História/Filosofia, Inglês e Química.

Fonte: Comvest